dia 17 de julho 2013





Lágrimas que por ti choro sentimento não têm, são só pura tristeza que no meu coração deixas-te!
Não sei o que por ti senti muito menos se te amei, mas o certo é que por dentro me quebras-te... não era suposto tal acontecer. Devias ser só o meu salvador mas meus pensamentos acabas-te por preencher! Preciso tirar-te de minha cabeça para libertar esta tristeza que por dentro me corrói mas todos os dias me martirizas! Minha liberdade quero novamente de volta mas fugir não me deixas e me perseguir o farás se eu fugir.
Começo a sentir algo novo: Ódio! Tu mo apresentas-te e agora uma sereia amarga sou!

Sem comentários:

Enviar um comentário

Follow by Email