dia 28 de dezembro 2013




 Esta noite no Baile de máscaras presença marcamos
Fui a anfitriã vestida de Ouro e Diamantes
E tu meu ilustre escravo somente de algemas
Pelo chão gatinhaste sem permissão para ninguém olhar
No final de nossa apresentação no trono permaneci
Contigo de joelhos a meus pés como um cão assustado
O momento da coroação chegou e prêmios foram distribuídos
Chegou o teu momento mais temido
Ganhares a coleira! Pois o teu futuro nela permanecia
Mas primeiro por ela merecer ias ter que te sacrificar

Sem comentários:

Enviar um comentário

Follow by Email