dia 17 de dezembro 2013

Tua pele carmesim é prova da tua dor
Nas minhas mãos ontem
O castigo tiveste pelos teus pecados
Meus beijos tua dor acalmavam
Anseias por mais, mas não admites
Queres meu corpo novamente
Mas esse erro não voltarei a cometer
Pois Luxuria pecado é

E hoje serás minha estátua pintada
De branco como um anjo que não és
No meu leito permanecerás
Mas te mover não poderás

Sem comentários:

Enviar um comentário

Follow by Email